Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

(8) Ba badum dum (8)

Ontem migrei para Braga porque ela merecia.

 

nóses

 

Decidi depois ficar por cá por vários motivos que não faz sentido descriminar, mas o que é certo é que eu precisava de tempo. De tempo para mim e para pensar… e sim, dá muito jeito ter outro lugar nosso… De preferência, noutra cidade qualquer.

 

Tal como já tinha defendido num post que escrevi anteriormente, não sei se neste ou noutro blogue que eu tenha mantido, tenho uma balança de acontecimentos bons e maus muito bem equilibrada… às vezes fico impressionada com o timing.

 

Começo por dizer que quando o Shakespeare diz que «não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferir-te de vez em quando e tens de perdoá-la por isso», di-lo sabiamente, apesar de não ser um pensamento brilhante. Digamos que esta foi a frase do dia de ontem (substituindo o ‘de vez em quando’ pelo ‘imeeeeeensas vezes’), dia sofrido do qual eu nunca mais via o fim.

 

Para finalizar tão malfadado dia, nada melhor do que fazer alguém feliz (até porque já passava da meia noite… o problema era, sem dúvida, um 31) e não esperar que o melhor aconteça, porque quando acontece… tem outro sabor.

 

 

 

PS: e por falar em sabor, obrigada pelo destaque e por tudo o que isso acarretou.

Ontem migrei para Braga porque ela merecia.

 

Decidi ficar por cá por vários motivos que não faz sentido descriminar, mas o que é certo é que eu precisava de tempo. De tempo para mim e para pensar… e sim, dá muito jeito ter outro lugar nosso… De preferência, noutra cidade qualquer.

Tal como já tinha defendido num post qualquer que escrevi anteriormente, não sei se neste ou noutro blogue qualquer que eu tenha mantido, tenho uma balança de acontecimentos bons e maus muito bem equilibrada… às vezes fico impressionada com o timing.

Começo por dizer que quando o Shakespeare diz que «não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferir-te de vez em quando e tens de perdoá-la por isso», di-lo sabiamente, apesar de não ser um pensamento brilhante. Digamos que esta foi a frase do dia de ontem (substituindo o ‘de vez em quando’ pelo ‘imeeeeeensas vezes’), dia sofrido do qual eu nunca mais via o fim.

Para finalizar o dia, nada melhor do que fazer alguém feliz (até porque já passava da meia noite… o problema era, sem dúvida, um 31) e não esperar que o melhor aconteça, porque quando acontece… tem outro sabor.

sinto-me: Goooooooooood
música: feeling good - nina simone
publicado por Ketch às 21:23
link | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 13 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Made me think.

. Notas soltas de uma noite...

. um fragmento de "Crave",...

. Verdades absolutas as 2h3...

. Seja.

. Partidas.

. Esta noite, algures em Br...

. Regressos.

. ...

. Believing in magic

. ...

. Wise up...

. Your mind is so full of r...

. Aniversário da Dinaamo FM

. ...

. I believe in magic...

. A uma semana de Bracara A...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds