Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

Passeios na massa cinzenta - Parte I

Cada um esconde um universo complexo diferente por trás da carapaça dura usada diariamente. Gosto de esventrar o ‘eu’ dos outros, o meu de vez em quando, e reinventar-me, fazer psicanálise comigo mesma, pôr-me a nu por dentro, medir fraquezas, medir forças comigo… ganho quase sempre. O que parece certo é na verdade errado: ninguém nos diz como, nem quando, e aí é que está a piada da coisa. A forma como tudo é reversível (pelo menos, eu acredito que sim), principalmente o ser humano em si, as suas relações e o espaço que o rodeia, faz-me teorizar que tudo isto foi feito na base da reversibilidade, para não se eliminar, mas sim estar em constante transformação. A coerência torna-se algo estapafúrdia nas questões do mundo, fundamental nas questões do humano. Estou farta do humano. Procuramos a felicidade e Deus em todo o lado, como se soubéssemos o que é ou ao que vamos e sobrevalorizamos tudo aquilo que não conhecemos: o bom e o mau. Atribuímos-lhe denominações e rotulamos tudo o que não conhecemos por medo de não sabermos o que poder esperar. Os rótulos descansam-nos. Embalam-nos no sono profundo do comodismo sensorial e intelectual. Até que ponto contactamos com a realidade absoluta? Não estaremos todos demasiado bêbedos de vida e tão cegos de normas para vermos aquilo que realmente nos é apresentado de mão beijada? Cabe-nos definir ou deixar em suspenso? Decifrar o código da caixa forte ou ouvir o som do botão a rodar? Eu prefiro ouvir. Procuro incessantemente respostas para tudo, menos para aquilo que acho que não foi criado para ser decifrado. Muitos enigmas foram tidos para continuarem intactos, o que não invalida que nos questionemos acerca eles, antes o contrário… As respostas são sobrevalorizadas na grande maioria dos casos: são o fim da linha, a piada está na viagem.

sinto-me: .
música: virgin state of mind - k's choice
publicado por Ketch às 22:24
link | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 13 seguidores

.pesquisar

.Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Made me think.

. Notas soltas de uma noite...

. um fragmento de "Crave",...

. Verdades absolutas as 2h3...

. Seja.

. Partidas.

. Esta noite, algures em Br...

. Regressos.

. ...

. Believing in magic

. ...

. Wise up...

. Your mind is so full of r...

. Aniversário da Dinaamo FM

. ...

. I believe in magic...

. A uma semana de Bracara A...

.arquivos

. Dezembro 2012

. Junho 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds